Apego Seguro e Constelação Familiar


Roberta Melo*

Você já ouviu falar do Apego Seguro? Pois bem... Ele vem nos confirmar que tudo é mesmo equilíbrio no Universo, como já nos aponta a Constelação Familiar e Sistêmica, quando afirma sobre a necessidade da saúde nos relacionamentos. E não seria diferente na relação de apego entre a mãe e seu bebê.
O Apego Seguro diz da capacidade que a mãe (ou da figura principal de apego) tem para responder às demandas de sua criança de maneira sensível e estável. Sensível: com percepção aguçada e atenta para as necessidades do infante; Estável: de forma emocionalmente equilibrada e com presença constante.
Nem negligência às demandas dos pequenos, nem paranoia que sufoca, nem tampouco lançar sobre eles nossos desequilíbrios emocionais... Somente a sensibilidade de senti-los ao ponto de dar respostas coerentes às suas questões, e a estabilidade da presença tranquila, que está sempre por ali, para quando a criança precisar.
Nesse contexto, a Constelação Familiar poderá contribuir sobremaneira para o exercício do Apego Seguro, especialmente no que diz respeito à estabilidade emocional, pois, quando existir um buscador no sistema, os emaranhamentos serão dissolvidos e não serão levados adiante através das novas gerações.
O apego seguro, nesse sentido, é extremamente importante para o desenvolvimento infantil, pois ele é o resultado de uma alta sincronia entre as demandas biológicas e psicossociais do bebê e a resposta eficaz da mãe. Essa mãe, ou a figura principal de apego da criança, terá melhores condições de dar essa resposta eficaz quanto mais as ordens do amor tiverem em equilíbrio em seus sistemas e, desse modo, a Constelação Familiar pode ajudar muito.
Pesquisas sobre os efeitos do Apego Seguro apontam para preditores importantes no desenvolvimento da criança, quando este vínculo positivo acontece:
·         Melhor ajuste psicológico às situações de conflito;
·         Maior internalização das regras instituídas por pais e mães;
·         Raciocínio mais maduro e autônomo na adolescência;
·         Boa autoestima;
·         Ajuste social positivo, no estabelecimento de relações para além da família...
Seguramente, se alguns membros do sistema vivenciarem sessões de Constelação Familiar, os efeitos positivos da prática do Apego Seguro serão ainda maiores, visto que os adultos responsáveis pelas crianças estarão mais conscientes de todos os seus processos internos trabalhados na sessão de constelação e, sendo assim, poderão expressar o amor e o apego de forma saudável e sistêmica.
Outro fator muito interessante relativo ao apego seguro é o fato de que ele oferece à criança uma maior segurança emocional para exploração de novos espaços e situações, pois ela não necessita dispender recursos cognitivos para comprovar a disponibilidade de algum adulto responsável durante sua atividade, porque já sabe e sente que pode contar com o seu cuidador. Dessa forma, a criança pode utilizar sua energia para outros processos cognitivos que poderão ocorrer no momento, gerando descobertas, aprendizagem e crescimento.
Vejamos como isso é extremamente importante, numa perspectiva sistêmica: a criança está segura porque sabe que, mesmo que presencialmente o adulto não esteja no ambiente, pela relação saudável de apego que foi (ou está sendo) construída, ela sabe que pode contar com o adulto responsável por ela. Aqui a ideia do pertencimento é muito forte, visto que o Apego Seguro propicia a ideia de pertencimento e honra à figura do cuidador principal.
Não é isso que queremos para nossos pequenos? Que eles cresçam emocionalmente equilibrados, seguros e em um sistema saudável e amoroso? Estejamos atentos, portanto, a como estamos estabelecendo nossa relação de apego com nossos filhos. E atenção: os processos de educação deles sempre convergem para a nossa autoeducação. Se estamos equilibrados internamente, oferecemos isso às crianças e elas terão esse modelo de ação como referência, ao longo de sua jornada.
Ph Iana Domingos

*Mestranda em Psicologia do Desenvolvimento, Palestrante, Coach, Educadora Familiar, Terapeuta Holística e Criadora do canal Conhecer e Despertar.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como a Constelação Familiar e Sistêmica pode nos ajudar a pensar sobre o tema PROSPERIDADE?

Sobre como você se sente...

A Constelação Familiar na vida de um Coach